Logon
Blog

Contusão: o que é, sintomas e tratamento para a dor

Saiba a diferença entre lesão, entorse, luxação e fratura

​​​​

O corpo humano é uma estrutura complexa capaz de atender todas as nossas necessidades. Nesse sentido, a parte responsável pelos movimentos é constituída por ossos (que promovem a locomoção, sustentação e proteção dos órgãos), músculos (ligam ossos e órgãos, além de auxiliar na estabilidade) e articulações (conectam um osso a outro, permitindo o movimento).

Dito isso, imagine as seguintes situações: você está em uma partida de futebol com os amigos, ou lavando a varanda de casa, e de repente escorrega e cai. Ao se levantar, sente dor em algum região do corpo e fica em dúvida sobre qual foi o trauma causado, se pode ter sido uma contusão.

Outra inquietação muito presente nessas ocasiões é o questionamento sobre a necessidade de procurar um pronto atendimento. Para responder a esses questionamentos, convidamos o Dr. Raul Carlos Barbosa, ortopedista do Hospital Brasília. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto.

​Contusão: o que é?

A contusão é uma lesão superficial que atinge apenas os tecidos moles, como a pele, a camada de gordura, a musculatura e os vasos sanguíneos ou linfáticos.

Esse quadro é bastante frequente entre pessoas que praticam atividades físicas – principalmente jogadores de futebol – e pode ser precedida até mesmo por um “simples" esbarrão. A depender da intensidade do choque e do tempo necessário para que a pessoa se recupere, a contusão pode ser classificada como leve, moderada ou severa.

Quais os sintomas da contusão?

A contusão é um tipo de trauma tão comum que você pode até já ter sofrido alguma e não sabia que esse era o nome. Os principais sintomas são:

  • Dor;

  • Inchaço;

  • Hematoma;

  • Vermelhidão;

  • Sensação de calor na região afetada.

​Quais os tipos de contusão?

Os tipos de contusão são três: subcutânea, muscular e periosteal. A contusão subcutânea se forma logo abaixo da superfície da pele, e pode surgir após uma queda.

Abaixo, saiba o que são as contusões musculares e ósseas e confira quais são as principais áreas afetadas.

​Contusão muscular

A contusão muscular pode ser intramuscular ou intermuscular e ocorre quando um músculo é submetido à uma força súbita, como uma pancada, por exemplo.

​Contusão óssea

Dentre todos, a contusão óssea é a que mais exprime cuidados, pois há risco de fraturas e dificuldade de movimento. Sendo assim, o mais indicado é consultar um profissional de ortopedia e pode haver necessidade de realizar exames de imagem como raio-x.

Casos graves tendem a exigir um longo tempo de recuperação, incluindo fisioterapia.

“Para os quadros de contusão, os cuidados são os mesmos. Independentemente do local, o trauma contuso é o fator causador e o tratamento depende da intensidade.", explica o Dr. Raul

​Qual a diferença entre contusão e luxação?

Segundo o especialista, esta é uma dúvida muito comum no Pronto Socorro.

Contusão é a lesão causada por trauma contuso, ou seja, quando determinada parte do corpo recebe uma energia que pode levar à lesão de diferentes tecidos, seja no plano da pele, músculos e ossos. O grau de lesão pode variar conforme a intensidade do trauma. Exemplos comuns de contusão: o cotovelo que bate na parede, o joelho que bate no pé da mesa, dentre outros. As alterações podem variar entre dor local e impossibilidade de uso do membro.

Enquanto isso, as entorses são lesões provenientes de torções, em que há a lesão dos ligamentos de uma determinada articulação, podendo variar de estiramento a rupturas complexas destes.

“Geralmente, suas manifestações são: dor, edema e déficit funcional da articulação acometida. Inicialmente, o tratamento inclui imobilização e medidas analgésicas. Porém, a depender da intensidade, pode ser necessário uma abordagem cirúrgica.", detalha.

Já a luxação ocorre quando a lesão ligamentar é tamanha que leva ao deslocamento da articulação. É uma lesão que demanda abordagem de urgência a fim de evitar complicações neurovasculares.

Por fim, as fraturas são lesões em que há quebra do osso acometido, seja por trauma contuso ou por torções, que acaba por comprometer a sustentação do membro e requer acompanhamento médico. Casos de fraturas podem ser tratados com cirurgia, a depender do local do trauma, da idade, da gravidade e das condições clínicas do paciente.

“Portanto, caso sofra um trauma sempre procure um profissional capacitado. Mesmo que as radiografias estejam normais, sem fratura ou luxação, ainda temos outros possíveis diagnósticos que demandam cuidados."

​Como aliviar a dor da contusão?

Ao sofrer uma contusão, a primeira medida a ser tomada é a suspenção da prática de atividades físicas durante todo o período de recuperação. Além disso, o médico pode indicar anti-inflamatórios e analgésicos para alívio da dor.

​Qual o tratamento para a contusão?

Com relação ao tratamento, o ortopedista afirma: “O primeiro ponto é, por meio da avaliação física e exames auxiliares, confirmar se o trauma é mesmo uma contusão. Em caso positivo, o tratamento inclui repouso, medicações e, a depender da intensidade, imobilização do local.", encerra.

Veja mais