Logon
Blog

Corrimento rosa: o que pode ser e quando procurar o médico

Presença de dor pode indicar alteração que necessita de acompanhamento profissional

​Apesar de despertar apreensão, na maioria das vezes, um corrimento rosado não representa riscos à mulher, pois pode estar relacionado ao início ou fim da menstruação. No entanto, é importante se manter atenta à espessura, duração e cheiro da secreção, pois pode ser necessário buscar avaliação médica e check-up ginecológico​. O Dr. Marcus Vinícius Barbosa de Paula, ginecologista e coordenador da área na Dasa Regional Brasília, é quem explica mais detalhes sobre o assunto.

O que pode ser corrimento rosado?

O corrimento rosa claro é considerado normal desde que seja de curta duração e não apresente nenhum sintoma associado, como dor ou cheiro forte. Nesse caso, as causas mais comuns são: início da menstruação, gravidez (nidação) e uso de anticoncepcional.

Mas, atenção! Essa secreção vaginal também pode significar a presença de inflamações e alterações mais sérias, confira:

  • Corrimento branco e espesso (semelhante a leite coalhado): comumente associado a candidíase;

  • Corrimento amarelo com cheiro forte: tricomoníase e clamídia, ambas Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) são as causas mais comuns;

  • Corrimento marrom e/ou com presença de sangue: caso ocorra ao fim de uma menstruação, é normal. Do contrário, pode ser sinal de gonorreia (IST), câncer de vagina, do colo do útero ou do endométrio;

  • Corrimento transparente, parecido com clara de ovo: indicação de período fértil.

Corrimento rosado e cólica podem indicar gravidez?

Em algumas mulheres, o período em que o embrião está se implantando no endométrio, chamado pelos médicos de “nidação”, pode vir acompanhado de  um corrimento rosado​. Esse pequeno sangramento pode ocorrer até 3 dias após a relação sexual.

“A cólica também é um sintoma comum nesta fase da gestação, e ocorre por conta da contração uterina em resposta à penetração do embrião no endométrio (camada mais interna do útero) ”, completa o Dr Marcus.

E durante a gravidez, o corrimento rosa é comum?

O médico explica que sangramento durante a gestação nunca é normal, porém isso não significa que todo sangramento pode levar a abortamento ou complicação da gravidez. “Por isso é fundamental que a gestante faça seu acompanhamento pré-natal de maneira regular, e procure o obstetra o quanto antes em caso de sangramentos”, alerta o ginecologista.

Quem toma anticoncepcional tem corrimento rosado?

Em mulheres que tomam pílula, o corrimento rosa pode ocorrer por dois motivos: caso a paciente não use o anticoncepcional da forma correta ou quando o medicamento tem baixos níveis de estrogênio ou só progestágenos.

É normal ter corrimento rosa depois ou antes e da menstruação?

O Dr. Marcus explica que sim. “Ao início e fim do ciclo menstrual, há pouca concentração de sangue na secreção, por isso o tom rosado”, diz o médico.

Hospital Brasília tem atendimento exclusivo

O Hospital Brasília e o Hospital Brasília Unidade Águas Claras oferecem um atendimento exclusivo para a saúde da mulher no Distrito Federal. Nas duas unidades há atendimento especializado em emergência ginecológica. O nosso pronto-socorro, equipado com estrutura altamente tecnológica, permite inclusive a realização de cirurgias de urgência.

Para os casos em que é possível esperar atendimento com hora marcada, dispomos dos Centros Médicos, com atendimento ambulatorial nas duas unidades. Para agendar consulta no Centro Médico do Hospital Brasília Unidade Águas Claras, basta ligar no telefone: (61) 3052-4600. Se preferir agendar seu atendimento no Hospital Brasília, unidade Lago Sul, basta ligar no telefone: (61) 3704-9000 ou clicar aqui.





Veja mais