Logon
Blog

Síndrome do intestino irritável: indícios e o que fazer

Alimentação e estresse são alguns dos gatilhos para o surgimento dos sintomas

A síndrome do intestino irritável (SII) pode ser considerada um dos reflexos da correria do dia a dia em que muita gente acaba não tendo tempo para se alimentar corretamente. Além de repor as energias de que o corpo precisa para se manter funcionando de modo pleno, reservar um tempo para se alimentar e cuidar de si mesmo e escolher bons hábitos alimentares alivia a tensão e o estresse do dia a dia e previne o surgimento de alterações como a síndrome do intestino irritável.

A seguir, a Dra. Zuleica Barrio Bortoli, gastroenterologista do Hospital Brasília Unidade Águas Claras, dá dicas de como aliviar e até prevenir o surgimento dessa enfermidade.

O que é síndrome do intestino irritável?

A doença é um diagnóstico clínico baseado em vários critérios relacionados com características como dor abdominal, constipação, diarreia, alternância do hábito intestinal, distensão abdominal e excesso de gases. Ela se manifesta principalmente depois da ingestão de alimentos gordurosos, excesso de bebidas alcoólicas, doces, comidas muito condimentadas e industrializadas e vegetais que aumentam a produção de gases (feijão, repolho e batata-doce, por exemplo).

Há nitidamente uma relação direta entre o surgimento ou a piora dos sintomas da condição e o estresse. “Alimentos pouco fermentativos, com baixo teor de lactose e frutose, por exemplo, podem ajudar a prevenir o quadro também”, explica a médica.

Sintomas da síndrome do intestino irritável

Os principais indícios da patologia são:

  • desconforto abdominal;

  • cólica;

  • diarreia;

  • prisão de ventre;

  • excesso de gases.

Nem todo mundo apresenta as mesmas manifestações. Por isso, é importante que o paciente e o gastroenterologista observem os indícios da condição por um período de 12 semanas. A Dra. Zuleica afirma, ainda, que, se não tratada, a enfermidade pode piorar progressivamente a qualidade de vida do paciente.

Como é o diagnóstico da doença?

Felizmente, a síndrome não causa alterações no intestino e é possível identificá-la por meio do acompanhamento dos sintomas. A realização de colonoscopia, tomografia e exames de sangue pode ser necessária para a exclusão de outras doenças orgânicas. Essas análises servem para eliminar a possibilidade da presença de enfermidades gastrointestinais como a doença de Crohn.

Tratamentos para a síndrome do intestino irritável

Apesar de não haver cura para a patologia, existem medidas capazes de tratar os sintomas e proporcionar bem-estar para o paciente. Dessa forma, o primeiro passo é descobrir o que desencadeia as crises e adaptar os hábitos diários a fim de evitar o quadro. Para aqueles pacientes que sofrem de dores agudas que não cessam mesmo depois da mudança de estilo de vida, o especialista pode prescrever tratamento farmacológico para o alívio das manifestações.

Além da alimentação, os níveis de estresse também interferem no quadro da síndrome. Por isso, é importante a prática de atividades físicas e de um hobby que ajude a desacelerar a correria da rotina.

As condutas mais específicas de cada tratamento dependem do paciente e da manifestação que ele apresenta. “A dieta deve ser prescrita caso a caso. O uso de medicamentos antiespasmódicos alivia a dor. Fármacos como antibióticos e antidepressivos também podem ser usados, assim como os probióticos”, comenta a Dra. Zuleica. É justamente pelas particularidades de cada paciente que ela reforça que a abordagem terapêutica para o caso deve ser multidisciplinar, envolvendo não só o gastroenterologista, mas também profissionais como nutricionistas, psicólogos e, ocasionalmente, psiquiatras.​

Núcleo Especializado em Doenças Intestinais Complexas (NEDIC)

O Hospital Brasília e o Hospital Brasília Unidade Águas Claras contam com o Núcleo Especializado em Doenças Intestinais Complexas (NEDIC), no qual é oferecido atendimento multidisciplinar para quadros intestinais complicados. Além de gastroenterologistas, dispomos de profissionais como nutricionistas, fisioterapeutas e outros especialistas que podem auxiliar no cuidado com a saúde do intestino.

Para agendar atendimento com um de nossos médicos no Hospital Brasília Unidade Águas Claras, basta ligar para o telefone (61) 3052-4600. Para atendimento no Hospital Brasília, ligue (61) 3704-9000 ou acesse aqui​

 


Veja mais