Logon
Blog

Corrimento rosado é normal? Entenda quando se preocupar

Quando associado a dor e duração excessiva, é preciso consultar um médico

​Toda mulher já teve algum tipo de corrimento e, apesar de ser tabu, isso é comum e nem sempre significa algo mais sério. Existem vários tipos de secreções vaginais e é importante estar atenta à espessura, cheiro e cor. O corrimento rosado​, por exemplo, pode representar desde o início do ciclo até problemas que precisem de atenção e avaliação médica. O Dr. Marcus Vinícius Barbosa de Paula, ginecologista e coordenador da área na Dasa, explica mais detalhes sobre o assunto.

Corrimento rosa é normal?

“Qualquer fator que gere um mínimo sangramento, como uma relação sexual, inflamação vaginal ou escape menstrual, pode causar este tipo de corrimento”, afirma o ginecologista. Ele ressalta que o corrimento rosa pode ser considerado normal desde que seja de curta duração e não apresente nenhum sintoma associado como dor no momento da relação, dor pélvica contínua, febre, cheiro forte ou coceira. Entenda o que pode ser:

  • Início da menstruação;

  • Gravidez (nidação);

  • Uso de anticoncepcional, em função de escape menstrual com sangramento mínimo.

Que tipo de corrimento pode indicar gravidez?

A gravidez é confirmada quando o embrião se fixa na parede do útero da mãe. Esse processo, chamado de nidação, ocorre quando o endométrio, tecido que envolve internamente o útero, sofre uma espécie de inflamação para facilitar a fixação do embrião. “Eventualmente, nesta fase pode acontecer de a mulher ter um pequeno sangramento vaginal com coloração rosada”, completa o ginecologista. Além da cor de rosa, um corrimento também pode apresentar as seguintes cores e aspectos:

  • Branco e espesso (semelhante a leite coalhado): comumente associado à candidíase;

  • Amarelo com cheiro forte semelhante a peixe: vaginite bacteriana, causado comumente por tricomoníase e clamídia, ambas Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s);

  • Marrom e/ou com presença de sangue: dependendo da fase do ciclo menstrual pode ser normal, porém quando persistente associado a outros sintomas pode ser indício gonorreia (IST), câncer de vagina, do colo do útero ou do endométrio;

  • Transparente, parecido com clara de ovo: indicação de período fértil.

Quais os tipos de corrimento mais comuns após relação sexual?

É comum que o ato sexual cause pequenas lesões no canal vaginal, causando sangramento leve e de curta duração. Caso haja um volume de sangue maior do que apenas um corrimento, consulte seu ginecologista de confiança o quanto antes.

Quando devo procurar um médico?

É importante consultar um ginecologista, pelo menos, uma vez ao ano. No entanto, caso surjam alterações como corrimento cor rosa em excesso ou com outros sintomas associados, é preciso realizar um check-up ginecológico a fim de investigar a origem do problema.

Atendimento especializado

No Hospital Brasília Unidade Águas Claras, contamos com uma equipe multidisciplinar, apta a auxiliar a mulher nos cuidados com a própria saúde. Vale ressaltar que, tanto a unidade Águas Claras quanto a Unidade Lago Sul oferecem atendimento especializado em ginecologia tanto ambulatorial quanto para atendimento a emergências, no nosso pronto-socorro. Mas não é preciso esperar por uma situação extrema. Para agendar atendimento ambulatorial no Centro Médico do Hospital Brasília Unidade Águas Claras, basta ligar no telefone: (61) 3052-4600. Se preferir agendar seu atendimento no Hospital Brasília, unidade Lago Sul, basta ligar no telefone: (61) 3704-9000 ou clicar aqui​.



Veja mais