Logon
Blog

Nódulo no pulmão pode ser câncer? Câncer de pulmão tem cura? Entenda o assunto

Chances de desfecho positivo são maiores quando o diagnóstico ocorre durante o estágio inicial

​​Muitas patologias podem ser descobertas durante uma avaliação de rotina. No caso de alterações que comprometem o sistema respiratório, o check-up consegue detectar desde as doenças mais comuns, como asma e pneumonia, até as mais complexas, como a presença de um nódulo no pulmão.

De acordo com a Dra. Rafaela Veloso, oncologista do Hospital Brasília, “o grande desafio para o diagnóstico precoce de câncer de pulmão é a ausência de sintomas na fase inicial da doença. Diante disso, pessoas com maior risco de desenvolver esse tipo de neoplasia, como tabagistas e ex-tabagistas, devem ser incentivadas a realizar periodicamente exames de imagem para a prévia detecção da doença".

​O que é nódulo de pulmão?

Um nódulo é uma lesão sólida com mais de um centímetro de diâmetro, e, a depender do local, é possível senti-lo pela palpação. Os nódulos de pulmão, em contrapartida, são detectados apenas por meio de exames de imagem.

​Quais são os tipos de nódulo existentes?

Descobrir um nódulo no pulmão, sem dúvida, causa apreensão em qualquer pessoa. O que nem todo mundo sabe, no entanto, é que isso não é sinônimo de câncer. Entenda as diferenças entre nódulos benignos e malignos.

​Nódulo benigno

Na maioria das vezes, o nódulo no pulmão tem origem em infecções pulmonares ou pode ser até mesmo uma cicatriz de doenças anteriores, como pneumonia e tuberculose. Um tumor benigno não traz risco de morte.

​Nódulo maligno

No entanto, um nódulo no pulmão pode ser a primeira apresentação de câncer no órgão. Esse tipo de tumor está especialmente relacionado com o hábito de fumar, mas não acomete apenas fumantes ou ex-fumantes.

“As características radiológicas são essenciais para definir o risco de malignidade do nódulo, e essa interpretação levará à definição de quais exames são necessários para o diagnóstico adequado. Em alguns casos, pode ser necessária a biópsia para fechar o diagnóstico", detalha a médica.

​Quais são os sintomas do nódulo de pulmão?

Em geral, o nódulo de pulmão não causa sintomas. Enquanto isso, as manifestações de um câncer de pulmão são percebidas na doença mais avançada, quando o grau de comprometimento pulmonar já é mais importante. Alguns sinais possíveis do câncer de pulmão são:

  • dificuldade para respirar;

  • cansaço ao menor esforço;

  • dor no peito;

  • tosse persistente;

  • perda de peso sem motivo aparente.

Caso apresente algum desses sintomas, consulte um pneumologista​.

​Nódulo no pulmão é perigoso?

O câncer de pulmão é, em geral, uma neoplasia agressiva e exige o diagnóstico adequado para a definição do melhor tratamento.

“Nem todo nódulo pulmonar é câncer de pulmão. Procure um especialista para definir sua natureza", destaca.

​Câncer de pulmão tem cura?

Segundo a Dra. Rafaela, sim, o câncer de pulmão tem cura: “As chances de cura são maiores diante do diagnóstico precoce. A falta de sintomas na doença inicial dificulta sua detecção e, por isso, infelizmente, nos dias de hoje, o mais comum ainda é a identificação da patologia ocorrer quando o carcinoma já está mais adiantado. Mesmo nessas situações, os avanços no tratamento têm proporcionado grandes benefícios para os pacientes."

​Como saber se o nódulo de pulmão é câncer?

A especialista reafirma a importância da avaliação das características radiológicas do nódulo de pulmão por meio de exames de imagem, pois isso define se há risco de câncer. Uma biópsia também pode ser necessária para a confirmação diagnóstica.

“Algumas vezes, a imagem de câncer de pulmão pode ser confundida com pneumonia. Por isso, toda a atenção deve ser dada para evitar uma confusão diagnóstica que possa implicar atraso na identificação do câncer", acrescenta a oncologista.

​Qual a melhor conduta a ser tomada diante de um nódulo de pulmão?

A melhor estratégia é consultar um pneumologista para a mais adequada interpretação da condição.

“O tratamento do câncer de pulmão pode envolver cirurgia, quimioterapia, imunoterapia, terapia alvo e radioterapia. A definição da melhor estratégia terapêutica vai depender do subtipo do câncer e da extensão da doença. No Hospital Brasília, os casos são discutidos em reuniões multidisciplinares. Dessa forma, todos os especialistas envolvidos no diagnóstico e tratamento podem contribuir para a melhor condução possível", explica a especialista.

Por fim, nesse momento de retomada pós-pandemia, a avaliação do sistema respiratório pós-Covid-19 também é recomendada para analisar possíveis consequências da infecção.

No Hospital Brasília, contamos com o Núcleo de Assistência Ventilatória (Nuav). São especialistas altamente capacitados para auxiliar você na identificação e no tratamento de complicações respiratórias. Para agendar seu atendimento, basta ligar para: (61) 3704-9000 ou clique aqui. ​

Veja mais